Home Europa O que fazer em Lyon: melhores atrações e dica de roteiro de três dias

O que fazer em Lyon: melhores atrações e dica de roteiro de três dias

por Gabriela Mendes
O que fazer em Lyon: melhores atrações e dica de roteiro de três dias

Falar de Lyon sempre me dá prazer, com um sentimento de nostalgia dos bons momentos que eu passei na cidade quando fiz meu intercâmbio em 2011 e das outras vezes que eu voltei por pura saudade. Em seus mais de dois mil anos de história não falta o que fazer em Lyon, a cidade possui passeios que vão desde ruínas Galo-Romanas e passagens “secretas” na zona histórica, até prédios contemporâneos futurísticos na Confluence.

Lyon 2

Carrossel na estação Perrache no Mercado de Natal

Para falar da cidade, separei as atrações nos bairros nos quais estão localizadas, que podem ser percorridos a pé e de acordo com o interesse de cada um. No final da matéria, dou uma sugestão de roteiro de três dias.

Vem conhecer as melhores atrações neste post!

⭐ Se você precisa de informações e dicas úteis para montar sua viagem, acesse nosso Guia de Lyon com sugestões de hotéis, quando ir, quanto tempo ficar e muito mais.

Oficina de Turismo ONLY LYON

É importante lembrar que o turismo em Lyon é super organizado e você pode ter como primeira parada na cidade a Oficina de Turismo. Lá, eles dão todas as informações necessárias e um mapa, tudo de graça. Você também pode aproveitar e contratar visitas guiadas, que costumam ser excelentes e têm preços camaradas em torno de 10 €. Fica na Praça Bellecour, veja mais informações no site.

DSC_0215

Vieux Lyon

Tá aí um lugar que não pode faltar no seu roteiro, o bairro de Vieux Lyon. A parte histórica da cidade é Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, com calçadas de pedra e prédios centenários em suas ruelas apertadas. É lá que estão alguns pontos turísticos importantes e os melhores bouchons da cidade (restaurantes tradicionais), mas a dica é perambular e se perder ou, como dizem os franceses, flâner. Veja alguns lugares principais:

_DSC0015

Catedral Saint-Jean-Baptiste

A catedral foi construída entre os séculos XI e XIV, mas passou por várias reformas depois de ter sido destruída pelas guerras. Ela tem um dos relógios astronômicos mais antigos da Europa – se programe para estar por lá nos horários que ele toca: às 12h, 14h, 15h e 16h.
Dica: Não deixe de ir à parte lateral, onde ficam as ruínas da primeira estrutura da igreja.
Horário de funcionamento: todos os dias, de 8h às 19h
Preço: entrada gratuita
Site: www.cathedrale-lyon.fr

St. Jean - Lyon

Ruínas da antiga catedral de Saint Jean

Traboules

Em Vieux Lyon é onde fica a maioria das Traboules, uma das atrações mais interessantes. São passagens quase que secretas entre os edifícios históricos, feitas, a partir do século IV, para que os moradores tivessem um acesso mais rápido à determinadas ruas da cidade. São mais de 200 passagens, que podem ser identificadas por azulejos quadrados nas portas.

DSC_0009

Símbolo de traboule

A a melhor forma de conhecê-las é fazendo um passeio guiado, eu fiz e adorei! Como elas ficam em prédios residencias, muitas são fechadas e só com um guia você consegue ter acesso. Você pode contratar na Oficina de Turismo de Lyon, por um valor de 12 € por pessoa. Vale lembrar que as Traboules não estão localizadas só em Vieux Lyon, há várias no bairro Croix-Rousse também. Mais informações aqui.

Traboules - LYon

Uma das passagens de Traboules

Teatro e Museu de Guignol

Tá aí uma das maiores riquezas culturais de Lyon: o teatro de marionetes de Guignol. Ele foi criado em 1810 por Laurent Mourget, que fazia marionetes para criar espetáculos cômicos. Desde então, a tradição é mantida e foi popularizada por toda a França.

Aproveite sua visita e coloque uma das apresentações no seu roteiro. Elas custam a partir de 9 € e rolam na Maison de Guignol todas as quartas, sábados e domingos. Veja a programação completa aqui.

Se você se apaixonar pelo Guignol também pode visitar o Le Petit Musée de Guignol, com dois andares repletos de marionetes, contando toda a história detalhada.
Horário de funcionamento: segundas, de 14h às 18h; terças a domingos de 10h30 às 12h30 e de 14h às 18h30.
Preço: 5€
Site: www.musee-de-guignol.fr

Teatro Guignol - Lyon

Os fantoches de Guignol <3

Museu da Miniatura e do Cinema

Eu simplesmente adoro esse museu e este, na verdade, funciona como dois em um. Só quando você vai visitando, entende perfeitamente porque eles ficam juntos: na era pré-digital vários cenários de cinema eram feitos usando miniaturas para depois serem produzidos de fato e, por isso, é incrível se você se interessa pelos elementos atrás das câmeras. No Museu do Cinema, que você pode ver mais de 300 objetos de vários filmes e o mais impressionante é o do “Perfume”. E as miniaturas são inacreditáveis de tão perfeitas, quando você se aproxima para admirar o detalhes parece que você entra em outra dimensão.
Horário de funcionamento: todos os dias, de 10h às 18h30; sábados e domingos até às 19h.
Preço: 9 €
Site: www.museeminiatureetcinema.fr

Colina de Fourvière

Pegue o funicular na Place Saint Jean, em Vieux Lyon por 5 minutos (1,80 €) e suba até Fourvière, a colina onde Lyon nasceu. Minha dica é ir conhecendo as atrações e descendo a pé até voltar às ruelas de Vieux Lyon pela rua Montée Saint-Barthélémy.

Basílica Notre-Dame de Fourvière

Esse provavelmente deve ser sua primeira parada na colina, já que é impossível não notá-la ao sair do funicular. Não passe batido, a igreja merece uma visita de tão linda que ela é. Admire o salão principal e depois desça as escadarias para conhecer a outra igreja que tem no subsolo.

Outra coisa que não dá pra perder é o mirante que fica do lado esquerdo da basílica. É de lá que se tem a melhor vista da cidade, com os rios Rhône e Saône cortando a Presq’îe, os prédios históricos de Vieux Lyon e a parte moderna em Part-Dieu, cheia de edifícios altos.
Horário de funcionamento: todos os dias, de 7h às 19h
Preço: grátis
Site: http://www.fourviere.org

Anfiteatro Romano e Museu Galo-Romano

Desça um pouquinho pelo lado direito da basílica na Rue Roger Radisson até chegar ao Museu Galo-Romano. O museu e o anfiteatro são parte do mesmo complexo, mas se não quiser entrar no museu, dá para ter uma vista do anfiteatro em um pequeno observatório. Recomendo entrar, principalmente pra quem quer saber mais um pouco da história da cidade e fechar com chave de ouro passeando pelas ruínas do anfiteatro, que complementam o tour das galerias.

Sem contar que o anfiteatro é o maior, mais importante e mais antigo de todo período Galo-Romano, construído por volta do ano 43 a.C! No complexo há também ruínas um outro teatro menor, termas romanas, uma basílica, necrópole e mais um visual de tirar o fôlego da cidade. Eu considero esse passeio imperdível. Vale lembrar que é lá que rola o evento musical Nuits de Fourviere (saiba mais aqui).
Horário de funcionamento: todos os dias, de 11h às 18h; domingos e segundas a partir de 10h
Preço: 7 €
Site: http://www.museegalloromain.grandlyon.com

Presqu’île

A Presqu’île, traduzida como “quase ilha”, é onde fica o principal centro de Lyon, englobando os distritos (arrondissements) 1,2 e 4, banhados pelos rios Saône e Rhône. As principais atrações são:

Place des Terreaux

Ou “praça do terror”, onde milhares de pessoas foram guilhotinadas durante a Revolução Francesa. Repare na Fonte Bartholdi que fica no meio da praça, é a minha preferida da cidade. À noite a praça fica bem animada, cheia de universitários tomando cerveja ou vin chaud (vinho quente) nos bares.

Place des Terreaux - Lyon

Fonte Bartholdi

Museu de Belas Artes

Localizado na Place des Terreaux em um prédio do século XVII, o museu tem um coleção bem boa nas suas 70 salas e recebe exposições temporárias excelentes com frequência. Quando eu fui, por exemplo, em dezembro de 2017, estava rolando uma da Frida Kahlo e Diego Rivera. <3
Horário de funcionamento: todos os dias, de 10h às 18h; fechado às terças
Preço: 8 € (gratuito para menores de 18 anos)
Site: www.mba-lyon.fr

Hôtel de Ville

Em francês, prefeitura de chama Hôtel de Ville e a de Lyon fica em um prédio histórico lindo do século XVII, mas que foi reconstruído várias vezes por incêndios. Há uma visita guiada nos seus salões, mas eu já fiz e, sinceramente, achei chato. Você pode reservar o passeio na Oficina de Turismo de Lyon.
Horário de funcionamento: fui às 10h, mas há outros horários. A duração é de 1h30
Preço: 12 €
Site: https://www.visiterlyon.com/les-salons-de-l-hotel-de-ville.html

Opera

Em frente ao Hôtel de Ville fica a Opéra National de Lyon, que recebe os principais eventos musicais da cidade. O prédio é uma mistura arquitetônica do século XIX e uma fachada e contemporânea com um teto de metal e vidro, construída depois de um incêndio que destruiu grande parte do edifício. A mistureba de estilos arquitetônicos criou polêmicas na cidade, tire sua própria conclusão. Confira a programação no site.

DSC_0163

Compras

A Presqu’île é, na minha opinião, o melhor lugar para fazer compras na cidade. Ao longa das ruas RepubliquePrésident Edouart Herriot, que leva à Place Bellecour e a Rue Victor-Hugo ficam várias lojas excelentes, como a Uniqlo, Parfois, Zara, Desigual, H&M. Elas são praticamente uma rua só que têm três nomes diferentes, porque ficam na mesma extensão.

Place Bellecour

Uma das principais praças de Lyon com 62m². Nos meses de inverno, entre novembro e fevereiro, ela fica com uma roda-gigante bem linda. É lá também que está a oficina de turismo ONLY LYON, onde você pode se informar sobre a cidade e contratar tours.

Uma dica é admirar a estátua de Antoine Saint-Exupéry. Poucos sabem, mas Lyon é a cidade do autor do Pequeno Príncipe e a estátua é uma pequena homenagem ao famoso liones. Ela fica escondida, bem próxima ao estacionamento público da praça.

Bellecour - Lyon

Marché Saint-Antoine Célestins

Feiras francesas têm um charme a parte e essa que funciona na Presqu’île ainda tem uma vista linda, já que é na beira do Rio Sâone. Aproveite, nem que seja só pra olhar.
Horário de funcionamento: sextas, sábados e domingos, de 6h às 13h.

Croix-Rousse

Este bairro também fica na Presqu’île, na colina da Croix-Rousse, mas não é tão visitado pelos turistas porque é bem residencial. Porém, é lá que estão onde estão algumas Traboules, feiras de produtores locais,uma vida boêmia agitada, pequenos ateliês e uma vista linda da cidade. Para chegar na Croix-Rousse há a escadaria Montée de La Grand-Cotê, mas eu aconselho subir de funicular na estação Croix-Paquet e descer as escadas na volta. Veja o que você pode visitar:

Cinema Saint Denis

Os amantes da sétima arte não podem deixar de dar uma passadinha no bucólico Cinema Saint Denis que teve sua primeira projeção em 1920. A sala é uma gracinha, bem intimista e o ingresso custa 6 €.
Site: http://grac.asso.fr/salles/23-cinema-saint-denis

Village des Créateurs

A chamada de “vila dos criadores” fica em uma traboule chamada passage Thiaffait e concentra ateliês, boutiques de moda e lojas de design.
Site: https://www.villagedescreateurs.com/

Marché de la Croix-Rousse

Essa é uma das melhores feiras ao ar livre de Lyon, com várias barraquinhas de pequenos produtores, frutas, legumes, queijos, embutidos e todos os ingredientes deliciosos da gastronomia francesa. Sem contar que o bairro fica ainda mais charmoso com o marché! Ele acontece na rua Boulevard de la Croix-Rousse.
Horário de funcionamento: terça a domingo, de 6h às 13h. Uma dica é que às terças, sextas, sábados e domingos ele tem mais expositores e fica mais animado.

Fabricação de seda

A Croix-Rousse nasceu e se desenvolveu junto com a fabricação de seda e chegou a pioneira na produção do tecido. Os seus produtores, chamados de soyeux ou canuts, têm fábricas até hoje que podem ser visitadas. A mais famosa, a Maison de Canuts ainda está em atividade. Outros lugares são o Atelier de Passementerie e o Atelier de Tissage Soierie Vivante.

Anfiteatro de las Trois Gaules

Não é só na colina de Fourvière que tem anfiteatros milenares, na Croix Rousse também tem! O Trois Gaulle foi construído no ano XIX, às ordens do imperador Tibério. Ele não é aberto ao público, mas pode ser visto facilmente pela rua.

Confluence

Antes uma área abandonada e de prostituição, a chamada de Confluence foi reformada em 2014 e está repleta de prédios futurísticos. O acesso ficou ainda mais fácil com a ampliação da rede de trens urbanos. As três principais atrações são:

Musée des Confluences

Um museu de ciências bem interativo, perfeito para levar crianças. O prédio é bem moderno e à noite fica lindo, com sua estrutura de vidro toda iluminada. Não deixe de observar a ponte que fica em frente.
Horário de funcionamento: todos os dias, de 11h às 19h; quintas-feiras até às 22h
Preço: 9 €
Site: www.museedesconfluences.fr

Museu Confluence - Lyon

Centre commercial Confluence

O shopping é o lugar mais agradável da cidade para fazer compras depois da Presqu’île, já que é todo aberto. No terraço, há vários restaurantes e bares.
Horário de funcionamento: segunda a sábado, de 10h às 20h. Fechado aos domingos.
Site: https://www.confluence.fr

Patinoire Charlemagne

Pra quem gosta de patinar no gelo, esse ringue fica bem animado nos finais de semana, principalmente em datas festivas. Eu fui perto do Natal e foi bem divertido. Consulte o site para saber horários de funcionamento e eventos.
Preço: 3,80 €
Site: www.lyon.fr/lieu/patinoires/patinoire-charlemagne

Atrações em outros bairros

Parc de la Tête D’Or

Vale a pena visitar o parque em qualquer época do ano, porque ele é lindo demais! Seja pedalando, caminhando ou fazendo um piquenique, o Tête D’Or é apaixonante e sempre está movimentado. Como ele é bem grande, há várias coisas lá dentro, como um zoológico gratuito (mas não sou fã de zoológicos), Jardim Botânico, Jardim de Rosas.
Horário de funcionamento: todos os dias, de 6h30 às 22h30
Preço: grátis
Site: www.loisirs-parcdelatetedor.com

Museu de Arte Contemporânea

O museu é mais afastado do centro turístico, mas pode ser combinado com a visita ao Parc de la Tête D’Or, já que fica em frente.Ele costuma ter exposições excelentes, dê uma conferida na programação se arte contemporânea for sua pegada.
Horário de funcionamento: quarta a domingo, de 11h às 18h
Preço: 8 €
Site: www.mac-lyon.com/mac

Mercado Les Halles Paul Bocuse

Os anos estrelados do chef Paul Boucuse são homenageados em vários locais da cidade, inclusive no mercado Les Halles, que leva seu nome. E olha que é uma bela de uma homenagem, porque lá é o melhor lugar para comprar produtos frescos e artesanais: são diversas barracas de frutos do mar, queijos, embutidos, doces e tudo que há de bom na culinária francesa. Você pode fazer uma degustação ou comer em um dos restaurantes. Aproveite e se esbalde!
Horário de funcionamento: todos os dias, de 7h às 22h30, mas eu prefiro ir na parte da tarde
Site: http://www.halles-de-lyon-paulbocuse.com/

Saiba os melhores lugares para comer em Lyon: Onde comer em Lyon: dicas de restaurantes e pratos típicos

Institut Lumière

O cinema é um das coisas que leva muitas pessoas a visitarem ou estudarem em Lyon, já que a cidade foi onde nasceram os irmãos Lumière, inventores da técnica. Inclusive, você pode conhecer a casa que eles moraram por muitos anos, o Institut Lumière, que atualmente é um museu excelente sobre a fundação do cinema. No acervo há várias câmeras originais, fotografias e instalações. Eu adoro esse museu! Outro destaque é a projeção de clássicos na pequena salinha da casa.
Horário de funcionamento: terça a domingo, de 10h às 18h30. Fechado às segundas-feiras
Preço: 7 €
Site: www.institut-lumiere.org

Muros pintados

Lyon fica ainda mais colorida e cheia de vida com os murs peints, idealizados em 1989 pela prefeitura e espalhados por vários bairros da cidade. Os murais são enormes e, olhando rápido, fica difícil de entender o que é realidade ou pintura. Os mais famosos são o Mur de Canuts e o Le Fresque des Lyonnais, localizados em Vieux Lyon.

Uma dica é fazer um passeio guiado, que pode ser contratado na Oficina de Turismo de Lyon.

Muros pintados 2- Lyon

Lateral do Le Fresque des Lyonnais, em Vieux Lyon

Sugestão de roteiro de três dias

Dia 1

Manhã: Conhecer a Colina de Fourvierer, Museu Galo-Romano e Anfiteatro, descer até Vieux Lyon.
Tarde: almoce em um bouchon, como “Daniel & Denise”, para quem curte alta gastronomia ou o “Un, Deux, Trois” para uma opção autêntica, só que mais em conta. Depois conhecer Vieux Lyon, passeando por suas ruelas. Uma dica é fazer o tour de traboules.
Noite: veja um espetáculo de Guignol e, depois, aproveite a agitação de Vieux Lyon em um dos seus bares.

Dia 2

Manhã: Place des Terreaux, Hôtel de Ville, Opera, caminhar até a Bellecour. Se for dia de feira, dar uma conferida.
Tarde: seguir pela Rue Victor Hugo, e pegar o trem urbano na estação Perrache até a La Confluence. Ir ao Museu Confluence, Centre Comercial Confluence, ver a iluminação no final da tarde.
Noite: volte ao centrinho da Presqu’île, jante em algum dos restaurantes recomendados nessa matéria e curta os barzinhos da Place des Terreaux.
Obs: se você quiser ir ao Museu de Belas Artes, provavelmente vai ocupar toda sua manhã.

Dia 3

Manhã: passe a manhã no Parc de la Tête D’Or e, se quiser, no Museu de Arte Contemporânea
Tarde: siga para o Les Halles e almoce por lá. Depois, pegue um trem até o Musée de la Lumière
Noite: bares da Croix Rousse e vista da cidade iluminada

Se tiver mais um dia: conheça a Croix Rousse!

Lyon 7

Quer saber mais sobre a França?

 Guia de Lyon: todas as dicas para sua viagem a cidade da França
⭐ Morar e estudar na França: todas as dicas e informações que você precisa
O essecial de Paris: 8 passeios que não podem faltar no seu roteiro
⭐ Como conhecer o Castelo de Versalhes em um bate-volta de Paris
⭐ Onde comer em Lyon: dicas de restaurantes e pratos típicos

Posts relacionados

3 Comentários

Guia de Lyon: todas as dicas para sua viagem a cidade da França – Gira Mundo 12/03/2018 - 11:51

[…] ⭐ Atrações não faltam, por isso eu criei este post detalhado com todas elas e um roteiro sugerido de três dias. […]

Reply
Onde comer em Lyon: dicas de restaurantes e pratos típicos - Gira Mundo – Dicas de Viagem e Roteiros Personalizados 27/07/2018 - 10:52

[…]   O que fazer em Lyon: melhores atrações e dica de roteiro de três dias   Guia de Lyon: todas as dicas para sua viagem a cidade da França   Todos os posts da França  […]

Reply
Morar e estudar na França: todas as dicas e informações que você precisa - Gira Mundo – Dicas de Viagem e Roteiros Personalizados 27/07/2018 - 11:04

[…] de Lyon: todas as dicas para sua viagem a cidade da França O que fazer em Lyon: melhores atrações e dica de roteiro de três dias  O essecial de Paris: 8 passeios que não podem faltar no seu roteiro  Como conhecer o Castelo de […]

Reply

Deixar um comentário

EnglishFrenchPortugueseSpanish