Comer bem e barato em Madrid

Não tem como planejar uma viagem para Madrid sem pensar em comida. A capital espanhola oferece milhares de bares de tapas e restaurantes de todos as especialidades, sem contar que é uma das melhores relações custo-benefício da Europa para comer bem sem gastar muito. Tudo isso com muita animação, já que os madrilenhos são bem rueiros e lotam las calles e restaurantes, principalmente no final da tarde e início da noite. 

Antes de mais nada, algumas dicas importantes:

Preços

O valor médio de uma refeição é de 9 a 25€. É claro que sempre depende do lugar, muitos são bem mais caros, mas, no geral esta é uma boa média. Vale lembrar que quase todos têm o cardápio com preço no site, o que é bom para dar uma conferida e ver se cabe no seu bolso!

Bebidas

Uma taça de vinho ou um copo de cerveja (chamado de caña) custam entre 1,5€ a 4€, mesmo em restaurantes mais arrumadinhos! Assim como no Brasil, a água da casa – que na Europa é a água potável da torneira mesmo– é gratuita.

_DSC0866
Uma loja de doces gigante em La Latina

Almoço e jantar

Durante o almoço, entre 12 e 14-15h quase todos os restaurantes servem menus que combinam entrada, prato principal, bebida, sobremesa e até cafezinho por valores entre 9 e 15€. Se você quer economizar, vale a pena comer esses menus no almoço e no jantar ir a bares de tapas, que costumam ser baratos.

Gorjeta

Quase ninguém deixa gorjeta, só se o serviço foi realmente muito bom e você quiser fazer um agrado.

Vegetarianos e veganos

Vegetarianos e veganos podem encontrar dificuldade na hora de matar a fome. Vi poucas opções alternativas para os jamóns, pescados e pollos, mas há mais chances de achar pratos sem carne ou veganos em bairros como Malasaña e Chueca, que são mais alternativos. De qualquer forma, confira os cardápios online e veja se as opções te apetecem!

Horários

É preciso ficar ligado no horário entre 14h30 e 17h, afinal, a Espanha é o país de la siesta. Mesmo em Madrid, a capital, muitos lugares fecham neste período, tanto restaurantes quanto lojas. Sempre confirme se está aberto e não deixe pra almoçar muito tarde. Já no jantar, não se preocupe tanto, pois há vários restaurantes que ficam abertos até tarde, Madrid é uma cidade bem noturna.

Para evitar

Evitaria comer nos restaurantes da Plaza de España. Eles são o que há de menos autêntico na gastronomia da cidade.

Pra ser sincera

Eu gostei muitos da gastronomia madrilenha, mas achei pesada para comer por vários dias seguidos. O legal é que como Madrid é uma metrópole, tem comida do mundo inteiro! Quando enjoei dos tapas, apostei nos indianos, italianos, japoneses…

MercadoSanMiguelMadrid
Jamón Ibérico no Mercado de San Miguel

Agora, vamos ficar com fome lendo essas dicas de lugares gostosos pra comer!

Tapas e gastronomia espanhola

100 Montaditos | Com certeza esse foi o almoço mais barato da viagem. O restaurante é um fast-food de tapas, não tem nada muito diferentão, mas é bem gostosinho e ótimo pra quem está com pouca grana. Vá às quartas e domingos, quando todos os itens do menu custam 1€! Às segundas uma tapa mais uma caneca de cerveja custam 1,5€. O menu normal é bem barato também, mesmo sem promoções, já que os montaditos custam entre 1€ e 3,5€. Pra ter uma ideia, eu gastei 4€ nesse almoço indo em uma quarta feira, comendo bem e tomando uma cerveja de 500ml.

Endereço: muitos, inclusive em outros países da Europa. Ver no site.

IMG_0387

La Musa | Esse bar de tapas faz parte de um grupo de restaurantes moderninhos que pegam a gastronomia tradicional espanhola e colocam toques contemporâneos com sabores do mundo. Eu pedi uma degustação de tapas para duas pessoas com criações do chef por 30€. As tapas avulsas custam em torno de 3€ a 7,5€, o wok, que também é bem gostoso, custa 9,75€ e um copo de cerveja ou vinho a partir de 2€. No total eu comi bastante, bebi vinho e gastei 17€.

Endereço: Calle de Manuela Malasaña, 18,  28004

Pez Tortilla | Esse lugar é especializado em tortillas, que são um prato tradicional espanhol, mas com sabores criativos. Os bolinhos fritos chamados de croquetas também são deliciosos. Comi uma tortilla de brie trufado com presunto (3€), que estava bem gostosa, e uma dupla de croquetas de camarão com alho (2€). No total, com um vinho da casa, gastei 7,50€.

Endereço: Calle del Pez, 36, 28004

IMG_0446

La Paella de la Reina 39 | Depois de comer muitas tapas, decidimos procurar onde tinha uma paella bem gostosa com um preço camarada. É claro que esse prato não costuma ser muito barato, porque tem muitos frutos do mar, mas o La Paella de la Reina tem um ótimo custo beneficio. Pedi uma com camarões, lula, polvo e outras delícias por 19€ + uma sangria e o total ficou de 27€.

Endereço: Calle Reina, 39, 28004

_DSC0344
Paella de frutos do mar para duas pessoas

Não deu tempo de provar, mas recomendo:

La Barraca (pra comer paella) | Calle Reina, 29
Ojalá (eles têm uma “praia” no subsolo) | Calle de San Andrés, 1

Comidas de outras partes do mundo

Oven Mozzarella Bar | Um italiano sempre cai bem e o Oven é uma delícia, com um ambiente bem bonitão. Pedimos burrata (10€), que vinha com um pão maravilhoso e de prato principal eu escolhi um parpadelle com trufas e cogumelos (13€). O preço total por pessoa com uma garrafa de vinho (dividido por dois) foi 25,50€.

Endereço: vários, ver no site

IMG_0878
Minha pedida: parpadelle de cogumelos e trufas

Nigiri | Um fast-food japonês com sushis super frescos, feitos na hora e uma cozinha toda envidraçada. Recomendo muito esse lugar, que nos salvou quando a gente tava com vontade de comer outras coisas além de tapas. Um combinado de 16 peças custa entre 9 e 13€. Eles também têm ramen, yakisoba, gyoza e outras delícias.

Endereço: vários, ver no site

Moharaj 26 | Nós almoçamos uma comida indiana divina neste restaurante. Sentamos em uma mesinhas do lado de fora e, por mais que fosse inverno estava com um sol bem gostoso. Pedi um cordeiro com curry, aquele pão pita sensacional, cervejas e o total foi 14€. Na mesma rua tem outro Moharaj, que era do mesmo dono, mas foi vendido recentemente. Ele parece muito bom também, tem até mais comentários no TripAdvisor, mas acabamos ficando nesse pelas mesas ao ar livre e comemos super bem! Se alguém for me conta.

Endereço: Calle del Ave María, 26, 28012

Taquería Mi Ciudad | Provamos esse restaurante assim que chegamos em Madrid. Era uma da manhã e estávamos morrendo de fome. Por sorte, a taquería era bem próxima ao nosso apartamento e estava aberta. Como já diz o nome, o lugar é especializado em tacos mexicanos de vários sabores e por um preço bem convidativo: custam 1,50€ – e são uma delícia! Eles são pequenos, mas comi uns quatro mais duas cervejas e gastei 7,50€.

Endereço: Calle de las Fuentes, 11, 28013

Ramen Kagura e restaurante Kuraya | Sou fã de ramen e eu fiquei curiosa quando eu vi que um dos restaurante mais avaliados de Madrid era o Kagura. Quando chegamos lá a fila era inacreditável: gigantesca! Não tinha condições. Enquanto pensávamos nas opções, vimos que havia um outro restaurante japonês ao lado que era do mesmo grupo, o Kuraya e o melhor: sem fila. Tinha várias coisas que pareciam uma delícia no cardápio. Pedi ramen (9,50€), gyoza (3,90€ com seis unidades) e cerveja (5€). Uma dica valiosa para os gulosos: nós chegamos no restaurante morrendo de fome e pedimos o ramen de 450g, o que foi um erro. Era gigantesco e nós não aguentamos! O de 300g com certeza vale mais a pena.

Endereço: Calle de las Fuentes, 1 e 7, 28013

IMG_0576

Cafés e doces

San Ginés | Como boa formiguinha que eu sou, fiquei muito feliz em saber que uma das sobremesas mais típicas da Espanha é o churros. Só que ele é diferente do nosso brasileiro, já que vem com uma caneca de chocolate quente derretido pra ir molhando. É maravilhoso também, mas confesso que senti falta do nosso açúcar com canela em volta da massa. A San Ginés é a casa mais tradicional para comer essa delícia, existe desde 1894 e fica aberta 24h! Uma porção de seis churros com chocolate custa 4€.

Endereço: Pasadizo de San Gines, 5, 28013

_DSC0001

HanSo Café | Um lugar descolado, com blends de cafés de todas as partes do mundo e comidinhas gostosas. O ambiente pequeno, mas é animado e aconchegante, bom pra tomar café da manhã ou fazer um lanche à tarde. Pedi um expresso e uma fatia de pão sourdough com abacate e salmão por 7,50€.

Endereço: Calle del Pez, 20, 28004

IMG_0352
Café da manhã no HanSo

Toma Café | No mesmo estilo do HanSo, com cafés especiais, comidinhas e pães gostosos. Minha pedida foi um café com espuma de leite e um queijo quente com um pão e um queijo sensacionais. Gastei 7€.

Endereço: Calle de la Palma, 49, 28004

IMG_0865
A gente não aguenta a gula e come antes da foto!

Não deu tempo de provar, mas recomendo:

Café Federal | Plaza de las Comendadoras, 9
Plántate Café | Calle del Mesón de Paredes, 2
Mamá Framboise | Calle de Fernando VI, 23 + outros endereços

Mercados

Madrid é a capital dos mercados, tem muitos deles pra todos os gostos e bolsos:

San Miguel

O mercado de San Miguel é um clássico de Madrid, vale a pena conhecê-lo mesmo se não for para comer. Existe desde o século 17 quando ainda era um mercado com barraquinhas na rua. Depois da reforma de 2009, ele ficou ainda mais atraente, com uma estrutura de ferro vazada e vidro, bem bonita. O ambiente é animado, as tapas são apetitosas e fica lotado no final da tarde/noite. Porém, como ele é muito turístico, tem um preço bem mais alto do que nos outros lugares.

Endereço: Plaza de San Miguel, s/n, 28005

_DSC0006

San Antón

O San Antón é um dos mercados alternas de Madrid, localizado na Chueca. Há mais de 22 estabelecimentos que vendem, principalmente, tapas, mas com receitas mais moderninhas.

Endereço: Calle de Augusto Figueroa, 24B, 28004

IMG_0775
Mercado de San Antón bombando no sábado à noite

San Indelfonso

O San Indelfonso é outro mercado descolado, em Malasaña. Nele não há tantos lugares para comprar comida e fazer em casa, ele é bom para comer tapas e tomar drinques.
Endereço

Outros mercados legais são Platea, que fica dentro do antigo cinema Cine Carlos III e conserva sua estrutura original e o San Fernando, reformado há pouco tempo, bem cool e bonitinho.

Melhores ruas e bairros para comer

Chueca e Malasaña

Esses são os bairros mais descolados de Madrid e por isso têm alguns dos restaurantes e bares mais legais da cidade. Muitos são contemporâneos, têm decorações fofas e um ambiente cheio de gente jovem.

Calle de Ponzano

Essa é a rua que está mais na moda na cidade, com restaurantes tradicionais e modernos. Tem muito movimento todos os dias da semana.

Calle Ave Maria, em Lavapiés

A rua é quase toda de restaurantes indianos e eles têm uma cara ótima! Como disse acima, eu comi no Moharaj 26.

_DSC0086
Tentando escolher qual ia ser o restaurante indiano do almoço

Cava Baja e Cava Alta

Essas duas ruas são onde ficam alguns dos restaurantes mais clássicos da cidade. Apesar de serem muito turísticas, você pode comer por um bom custo-benefício.

IMG_0783
Um dos restaurantes mais tradicionais para provar o cozinho, na Cava Baja

Saiba mais:

⭐ Guia de Madrid: dicas e informações para conhecer a capital da Espanha

⭐ Saiba o que fazer em Madrid e planeje seu roteiro de 1 a 5 dias

⭐ Todas as matérias da Europa

 

4 comentários Adicione o seu

  1. Comi muito bem em Madrid. Mesmo as simples tapas são deliciosas. Os churros com chocolate nem se fala. Deu até água na boca.

    Curtir

    1. Gabriela Mendes disse:

      Sim! E Madrid é uma cidade super descolada, adorei que tem desde o restaurante tradicional até o moderninho 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s