Home Américas Nova York: tudo que você precisa saber antes de viajar

Nova York: tudo que você precisa saber antes de viajar

por Gabriela Mendes
Nova York: tudo que você precisa saber antes de viajar

Nova York é efervescente. A cidade é muito diferente de todas as outras dos Estados Unidos, parece que se está em outra dimensão. Muita coisa acontece, há pessoas de várias partes do mundo e, a cada dia, se tem uma nova descoberta (até mesmo pra quem mora lá!).

A fama que a metrópole tem não é à toa, Nova York fascina mesmo. Eu diria que é um dos destinos que todo mundo tem que ir uma vez na vida. São tantas possibilidades, tantas atrações pra todos os gostos, que é impossível incluir tudo numa viagem só. Por conta disso, vou colocar nesse post o básico do básico:

Saiba o que você não pode deixar de fazer e as informações necessárias pra preparar seu roteiro

_dsc0971

O Wall Street visto da Brooklyn Bridge

Quando ir

É legal de ir em qualquer época do ano, pois cada estação tem seu charme. De acordo com os moradores, a melhor época é entre setembro e outubro ou em maio, quando a temperatura costuma ficar mais amena. No inverno é beeeem frio – os meses de dezembro, janeiro e fevereiro costumam ser os mais intensos. Março, abril e novembro têm um friozinho gostoso. O verão também é bem forte e julho e agosto chegam a 40º.

No verão, há vários eventos ao ar livre na cidade, principalmente nos parques. Os nova-iorquinos aproveitam muito o clima quente e as ruas ficam cheias. O Natal em Nova York é famoso por ser lindo, mas o Ano Novo não tem nada demais (para os padrões brasileiros de festa de Réveillon).

img_2928

Central Park em setembro

Quanto tempo ficar

Acho que uma semana é o mínimo pra NY, mas, se puder, fique mais. Tem muita programação, dá pra ficar um mês lá e não repetir os passeios. Além disso, as melhores coisas você vai conhecendo aos poucos, conversando com quem mora lá e descobrindo os cantos escondidos.

Onde ficar

  • Cada bairro combina com o estilo de viagem de cada um:

Ficar em Manhattan, perto da Times Square (em Midtown) é bem conveniente pra quem tem pouco tempo, mas é bem caro. A opção de restaurantes e lojas é infinita.

Um dos bairros que eu mais gostei na foi o Chelsea e Meatpacking. O sul da ilha tem um clima jovem e não é aquela loucura de Midtown, já que é mais residencial. Você encontra lugares ótimos pra sair, restaurantes deliciosos e muitas atrações.

Eu fiquei no Brooklyn e amei. É a melhor opção pra quem quer economizar e conhecer um lado mais alternativo de Nova York. Dá uma olhada aqui nas minhas dicas. Primeiro fiquei em Williamsburg, pelo Airbnb, onde eu achei os melhores preços. Aluguei um quarto para duas pessoas, durante 9 noites, por uns R$ 2700. No resto da viagem, fiquei na casa de uma amiga, em Crown Heighs, que é totalmente residencial e fica um pouco mais longe.

  • Se prepare que hospedagem em NY é bem caro 😉
  • Ficar no Airbnb foi muito bom, recomendo!
  • Sempre fique em lugares que tem o metrô por perto.
  • Tem muitos hostels, que são a melhor opção pra quem quer conhecer gente nova, mas eles são bem carinhos.
  • Os hotéis têm mais conforto, mas se prepare pra pagar mais. Uma das opções que eu achei bem legal foi o Radio City Apartments. Fica em Midtown, perto de tudo e é uma mistura de hotel e kitnet arrumadinha.


Como se locomover

Se prepare pra andar muito! A melhor forma de conhecer NY é explorando suas ruas. No final do dia, não esqueça de botar as pernas pra cima 😛

O metrô é excelente, te leva pra todos os cantos. Eu comprei um passe de sete dias (US$ 32), vale a pena!

Ônibus é mais complexo pra quem não conhece a cidade e tem um grande risco de pegar trânsito, não recomendo.

Andar de bicicleta também é uma boa. Lá tem a City Bike, que você aluga pra se locomover, mas tem que ficar trocando de meia em meia hora. O passe diário custa US$ 12.

_dsc0171

O bairro Chelsea visto da High Line

Quanto custa a viagem

Nova York é um destino caro, mas cada tipo de viagem tem um custo diferente. Eu gosto de fazer tudo baratex, mas sem deixar de lado o conforto e restaurantes deliciosos.

Clique aqui e veja meu post que fala sobre os gastos.

O NY Pass e o NY City Pass valem a pena?

Pra mim não valeu, porque eu tinha 15 dias na cidade. Na minha opinião, vale a pena se você tem poucos dias e quer ver muita coisa. Eles dão direito a muitas atrações e realmente o desconto é grande, mas o período de tempo pra aproveitá-las é muito curto (tipo três dias pra ver 80 atrações). Se você curte conhecer muita coisa num dia só, pode ser interessante. Dá uma olhada no site do NY Pass e do NY City Pass pra ver se combina com seu estilo de viagem!

Onde comer

Nova York é o destino perfeito pra comer bem, tem restaurantes de todos os cantos do mundo e eles são deliciosos!

Olha só essa matéria que eu fiz pra saber mais.

E os passeios imperdíveis?

Tem programação boa pra todos os gostos! Dá uma olhada nessa matéria aqui:

Basicão de Nova York: 15 passeios imperdíveis na cidade

Posts relacionados

3 Comentários

Basicão de Nova York: 15 passeios imperdíveis na cidade – Gira Mundo 23/10/2016 - 17:33

[…] Nova York: tudo que você precisa saber antes de viajar […]

Reply
Basicão de Nova York: 15 passeios imperdíveis na cidade - Eiras Junior - Designer de Interiores no Rio de Janeiro 15/03/2017 - 22:42

[…] Nova York: tudo que você precisa saber antes de viajar […]

Reply
O melhor de Verona: saiba todas as dicas para conhecer a cidade – Gira Mundo 21/06/2017 - 15:57

[…] a quantidade de tempo que você tem no lugar e somar o preço das atrações que você quer ir. Em Nova York, por exemplo, eu não achei que valia, mas em Verona […]

Reply

Deixar um comentário

pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR