Home Américas Rolé no Brooklyn: atrações, restaurantes e hospedagem

Rolé no Brooklyn: atrações, restaurantes e hospedagem

por Gabriela Mendes
Rolé no Brooklyn: atrações, restaurantes e hospedagem

Uma das dicas que eu dou para quem está indo pra Nova York é: não deixe de passar pelo menos um dia no Brooklyn. Se puder, fique hospedado por lá (costuma ser mais barato do que em Manhattan – dou dicas lá embaixo). Se tiver mais tempo, curta muito o clima alternativo com bares, restaurantes, festas e lojinhas. O Brooklyn é muito cool!

Antigamente, o distrito era muito mal visto pelos turistas, porque era abandonado e perigoso. Como os apartamentos em Manhattan foram ficando muito caros, artistas e hipsters se mudaram para o local e abriram comércios e galerias. Desde então, o Brooklyn é um dos lugares mais descolados de Nova York.

Há quatro áreas que são as mais badaladas: Williamsburg, Bushwick, Brooklyn Heights e DUMBO.

Dou algumas dicas do que você não pode perder no Brooklyn, olha só!

Williamsburg

Williamsburg foi um dos primeiros lugares do Brooklyn que começou a ser um ponto cool de Nova York. O bairro já foi mais alternativo do que é hoje, já que agora está cheio estabelecimentos arrumadinhos. O clima é efervescente, ainda mais a partir do final da tarde, quando todos saem nas ruas. A Bedford Avenue é a rua principal, onde concentra a maior parte do comércio.

williamsburg

Um dos prédios coloridos de Williamsburg

Algumas das maiores atrações de Williamsburg são os bares e restaurantes. Para comer bem, vá ao Jimmy’s Diner, Dumont Burger e Allswell – veja mais aqui. Para uns bons drinques, vá ao Radegast Hall & Biergarten (eles costumam ter show de jazz), Skinny Dennis e Battery Harris. Aos sábados, rola a feira gastronômica Smorgasburg, com várias coisas deliciosas pra comer. Há também a fábrica de cerveja Brooklyn Brewery, mas é melhor agendar sua visita, porque costuma ficar bem cheio.

smorgasburg

A Smorgasburg bombando no sábado

Quem gosta de fazer compras encontra brechós como o 10 Ft. Single by Stella Dallas, Alter e Antoinette Vintage. As lojas de decoração também são cheias de design e produtos de bom gosto.

A minha dica é alugar uma bicicleta e ir descobrindo os cantos escondidos do bairro. Para um pôr do sol bem bonito, com a vista do skyline de Manhattan, vá ao rooftop do hotel Wythe. Para ouvir uma boa música, vá ao Baby’s All Right.

Bushwick

Um pouco mais abaixo de Williamsburg, fica Bushwick, conhecido por ser um dos lugares mais hipster de Nova York. Os prédios são coloridos com muito grafite e o clima é bem jovem. Andando pelas ruas, você encontra galerias de arte e lugares que eram bem degradados e que foram ocupados com muita criatividade.

bushwick-foto-wally-gobetz

As ruas de Bushwick são cheias de arte. Foto: Wally Gobetz

O bairro é uma galeria ao ar livre de grafite. O site Time Out dá uma dica bem legal de roteiro de street art por lá pra fazer por conta própria: veja aqui. Há também visitas guiadas, que você pode ver no site do Free Tours By Foot. Não deixe de ir na altura da 27 St. Nicholas Ave, onde estão concentrados grafites de artistas do mundo todo na galeria ao ar livre (e grátis) chamada de Bushwick Collective. Para mais arte contemporânea, não deixe de visitar a galeria NurtureArt, que abriga trabalhos de artistas novos e não tão conhecidos.

É um Bushwick que fica uma das pizzarias mais famosas de NY, a Roberta’s. Outros lugares gostosos pra comer são o Arrogant Swine, Lucy’s Vietnamese Kitchen e Bunna Cafe. Há muito bares legais no bairro, como o The Sampler, Gotham City Lounge e The Narrows.

Se você gosta de roupas diferenciadas, Bushwick é o lugar certo pra comprar. O bairro é conhecido como um dos que tem mais pessoas estilosas no mundo! Tem brechó arrumadinho Beacon’s Closet, o Fox & Fawn e Friends Vintage. A loja Heaven Street é especializada em vinil e o Shwick Market é uma feira que vende desde alimentos até bijouterias (ver no site as datas).

bushwick

Vários restaurantes no Brooklyn usam essas luzes pra decorar. Fica muito fofo!

DUMBO

A porta de entrada do bairro é a famosa (e linda!) Brooklyn Bridge. Atravessar a ponte é um dos passeios imperdíveis de Nova York. O DUMBO é descolado e cheio de design, mas é bem pequeno, dá pra percorrer ele todo a pé.

brooklyn-bridge3

Um dos lugares mais agradáveis é o Brooklyn Bridge Park, o parque que fica embaixo da ponte e tem um pôr do sol imperdível, com uma vista linda de Manhattan. Para voltar no tempo, vá até o Jane’s Carousel.  Aos domingos, rola o mercado de pulgas Brooklyn Flea, com barraquinhas de antiguidade e algumas de comida que também estão no Smorgsburg.

Falando em comida, lá tem uma das pizzas mais famosas da cidade, a Grimaldi’s. Mas se prepare porque a fila é sempre grande. Se você prefere algo mais rápido, tem um Shake Shack perto. Outros restaurantes gostosos são Almondine, Atrium e Peas N’ Pickles. Para música ao vivo, vá ao Bargemusic, um espaço que fica dentro de um barco, embaixo da Brooklyn Bridge.

Brooklyn Heights

Bem ao lado do DUMBO fica o classudo Brooklyn Heights. O bairro tem casarões históricos e muito comércio. Não deixe de andar de bicicleta ou a pé no calçadão que beira o East River e que é continuação do Brooklyn Bridge Park.

Para compras, vá a Montague Street. É no bairro que fica o museu New York Transit Museum, um lugar incrível para conhecer tudo sobre a louca (mas eficiente) infraestrutura de transportes da cidade, que começou em 1800. Os apaixonados por chá e café não podem deixar de ir a loja Two for the Pot.

Dá pra comer muito bem no bairro em restaurantes como o Colonie, Teeda Thai Cuisine, Noodle Pudding e Henry’s End.

+ do Brooklyn em Prospect Heights

Outra atração muito conhecida é o Brooklyn Museum. O museu é como se fosse um MET do Brooklyn, mas achei um pouco desorganizado. Não é tão grande, mas tem obras de períodos bem distintos. Do lado fica o Prospect Park, que é um Central Park reduzido. Vale a pena conhecer o dois! Bem pertinho tem a 5th Ave, que é uma rua cheia de restaurantes e tem um brechó Beacon’s Closet.

brooklyn-museum-brooklyn-museum

Foto: Brooklyn Museum

Vale a pena se hospedar no Brooklyn?

Valeu muito a pena. Além de ser bem mais barato do que em Manhattan, o clima dos bairros é muito bom. Se você está com o tempo corrido e só vai visitar as atrações principais de Nova York, é melhor ficar na ilha, mas se está mais tranquilo e gosta de um destino mais alternativo, não pense nem duas vezes. Porém, não deixe de checar se o lugar fica perto do metrô e se a estação fica aberta 24h (algumas fecham).

img_2678

A estação Marcy Av, em Williamsburg

  • Para dar uma média de tempo de metrô até o centro de Manhattan, coloquei como referência a estação de metrô da Union Square
  • O Airbnb foi a melhor opção de hospedagem que eu achei em Nova York. Os preços são mais baratos e tem cada apartamento tão lindo, que dá vontade de morar! 🙂

Em Williamsburg, a boa é ficar perto das seguintes estações: M e J na Marcy Avenue ou L na Bedford Avenue. Por ali você pode fazer tudo a pé e está a 20 minutos da Union Square. Eu fiquei hospedada pelo Airbnb e amei.

Em Bushwick, fique perto da linha L e da estação Morgan Avenue e Jefferson Street (30 min da Union Square), onde ficam concentrados os restaurantes, bares e lojas.  

No DUMBO, a estação mais perto é a York Street, da linha F (20 min da Union Square. Já no Brooklyn Heights, há as linhas 2 e 3, nas estações Clark Street, Court Street e Bourough Hall, e as linhas A e C na estação High Street (de 30 a 40 min da Union Square).

Tem mais dicas do Brooklyn? Conta pra gente nos comentários!

Ah, e não deixa de olhar a matéria sobre onde comer bem e barato em NY 😉

Se quiser saber quanto custou minha viagem de 15 dias, clique aqui.

5 Comentários

Gastos de 15 dias em Nova York – Gira Mundo 30/09/2016 - 18:19

[…] Airbnb – US$ 792 (valor do quarto de casal para duas pessoas em Williamsburg, Brooklyn). No final ficamos na casa de […]

Reply
Comer bem e barato em Nova York – Gira Mundo 30/09/2016 - 18:27

[…] Veja mais sobre o Brooklyn aqui. […]

Reply
Nova York: tudo que você precisa saber antes de viajar – Gira Mundo 03/10/2016 - 16:55

[…] É a melhor opção pra quem quer economizar e conhecer um lado mais alternativo de Nova York. Dá uma olhada aqui nas minhas dicas. Primeiro fiquei em Williamsburg, pelo Airbnb, onde eu achei os melhores preços. Aluguei um quarto […]

Reply
Basicão de Nova York: 15 passeios imperdíveis na cidade – Gira Mundo 23/10/2016 - 17:32

[…] É imperdível conhecer o Brooklyn, um dos lugares mais cool de Nova York. A poucas estações do metrô a partir de Manhattan, você pode sentir o clima alternativo da cidade com restaurantes deliciosos, passeios legais e bons lugares para se hospedar. Veja mais na matéria que eu fiz sobre lá clicando aqui. […]

Reply
Basicão de Nova York: 15 passeios imperdíveis na cidade - Eiras Junior - Designer de Interiores no Rio de Janeiro 15/03/2017 - 22:05

[…] É imperdível conhecer o Brooklyn, um dos lugares mais cool de Nova York. A poucas estações do metrô a partir de Manhattan, você pode sentir o clima alternativo da cidade com restaurantes deliciosos, passeios legais e bons lugares para se hospedar. Veja mais na matéria que eu fiz sobre lá clicando aqui. […]

Reply

Deixar um comentário

pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR