Home Giro no Brasil Roteiro alternativo de 8 dias por dentro dos Lençóis Maranhenses

Roteiro alternativo de 8 dias por dentro dos Lençóis Maranhenses

por Ursulla Lodi
lencois-maranhao-blog-gira-mundo

Conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses sempre foi um sonho, repleto de miragens em degradê de lagoas azuis e verdes. Compradas as passagens Rio de Janeiro – São Luís, começamos o planejamento do nosso roteiro, sempre procurando pelos caminhos mais bonitos e menos turísticos, andando por dentro do parque.

Nosso roteiro

1º dia: Rio de Janeiro – São Luís
2º dia: São Luís – Santo Amaro
3º dia: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (Queimadas dos Britos)
4º dia: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (Queimadas dos Britos)
5º dia: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (Queimadas dos Britos)
6º dia: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (Betânia)
7° dia: Santo Amaro
8º dia: Santo Amaro – São Luís

Sem dúvidas o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, fundado em 1981, é uma das paisagens mais bonitas do Brasil. O visual de dunas branquinhas desenhadas pelos ventos e centenas de lagoas, formadas pelas chuvas, nos mais diferentes tons de azul e verde, é arrebatador!

Comida e gente simples, dormir na rede, acordar com o galo cantando e andar o dia todo com sol na cabeça por dentro dessa imensidão era tudo o que a gente queria. 🙂

Quando ir?

A melhor época para conhecer os Lençóis Maranhenses é de maio a agosto, passadas as chuvas, as lagoas estão cheias de água e ótimas para banho. Como dizem os nativos “a fundura tá boa”. Não se engane, não tem inverno por aqui! É sol de lascar o ano inteiro.

De passagem em São Luís

Se seu objetivo é conhecer os Lençóis e de quebra dar uma voltinha pela capital maranhense, uma boa opção é se hospedar no Centro Histórico de São Luís. Ficamos na pousada Portas da Amazônia e gostamos bastante, o casarão histórico fica pertinho do Mercado das Tulhas e tem uma pizzaria ótima! Outra boa pedida, se tiver com tempo, é conhecer as praias da Ilha do Amor ou ir até Alcântara.

Planejando o roteiro

É verdade que a maior cidade nos arredores do Parque Nacional é Barreirinhas, à 250 km da capital maranhense, que dispõe de uma estrutura turística maior, grandes hotéis e resorts. Mas buscando uma rota alternativa e munidas de dicas preciosas de amigos, escolhemos como portal de entrada o município de Santo Amaro do Maranhão, localizado a sudoeste do parque e que detém a maior parte de seu território.

Quer saber como chegar e tudo sobre a pequena Santo Amaro? Veja o post Santo Amaro, porta de entrada para os Lençóis Maranhenses

15

A maravilhosa Lagoa das Andorinhas <3

Nossa andança por dentro do Parque

Buscando fugir das multidões que lotam os jipes em passeios de ida e volta e querendo vivenciar as pequenas comunidades do interior do parque, que vivem entre as dificuldades do isolamento e as maravilhas do cenário paradisíaco, optamos por dormir nos redários dos nativos.

Pegamos o contato do guia de uma amiga que tinha viajado recentemente para os Lençóis, Biziquinho, um cabra arretado famoso pelo mundo afora pelas andanças no parque. Aceitar o roteiro que ele propôs foi a melhor escolha que fizemos!

16

Partindo de Santo Amaro, depois de 10 horas andando, parando no caminho para apreciar a paisagem e tomar muitos banhos, chegamos nas Queimadas dos Britos. Distante 26km da cidade, é a comunidade mais isolada do parque, onde Biziquinho e mais 8 famílias moram.

Lá tem luz só pra lâmpada, proveniente de uma placa de energia solar, nada de geladeira, chuveiro quente, sinal de telefone ou qualquer luxo. Em sua casa mesmo Bizi montou um redário, onde dormimos por 3 noites, caminhando de dia pelas lagoas azuizinhas próximas, sem pressa, aproveitando ao máximo essa experiência.

Inicialmente iriamos também pra Baixa Grande, dormindo apenas 2 noites nas Queimadas, mas decidimos ficar mais devagar. As preocupações eram se a cabra ia nascer naquele dia, brincar com Brena e com Igor, filhos de Biziquinho e Maria de Jesus, e qual ia ser o melhor ponto para apreciar o pôr-do-sol caindo nas dunas.

11

o sol caindo nas dunas da Queimadas dos Britos

No quarto dia percorremos 10km, saindo das Queimadas em direção a Betânia, outra comunidade com um bonito rio de águas cor de chá chegando no Espigão. No caminho, mais lagoas como a do Bode e Emendadas.

14.jpg

Biziquinho e Julia, meus parceirinhos de viagem, em Betânia

No quinto e último dia, saímos de Betânia em direção a Santo Amaro, trecho de cerca de 10km, passando pelas Lagoas das Andorinhas, Gavião, Lago de Santo Amaro e uma infinidade de outras lagoas menores, todas maravilhosas.

Outro roteiro muito famoso é a Travessia completa pelo Parque dos Lençóis Maranhenses, de Santo Amaro até Atins ou até Barreirinhas. Mas o trajeto é longo e em linha reta, vê-se mais quilômetros com menos qualidade, sem curtir tanto as lagoas. Mas se você quer se desafiar neste trekking no deserto, super diferente, o Biziquinho também faz. Você pode também procurar um guia na Central das Cooperativas de Barreirinhas.

Independente de sua escolha, a experiência  de vida de andar esse pedaço de Brasil tão distante da nossa realidade de pés descalços, ser ninado pela rede, acordando com o raiar do dia em busca de lagoas azuizinhas será algo único e inesquecível!

13

O que levar

Deixe tudo o que você puder na sua base, seja Santo Amaro ou Barreirinhas. Nós deixamos o mochilão na casa da Samara e entramos no parque com o menor peso possível. Levamos roupa de banho, 1 pijama quentinho para dormir à noite, 1 muda de roupa seca além da dá do corpo, 1 toalha de trilha, itens básicos de higiene pessoal.

Indispensável: protetor solar, chapéu, uma blusa de trekking para proteger do sol, máquina fotográfica, água e lanches de trilha (frutas secas e castanhas é uma boa!). Esqueça os tênis, a andança é sem sapatos!

Valores

Hospedagem nos redários por noite: R$30 (inclui café da manhã)

Almoço: R$ 25-30

Bebidas e outros lanches: à combinar

Guiada: R$ 150 diária

Transporte São Luís – Santo Amaro: R$ 60

Contatos

Contato do Guia Biziquinho: (98)99609-2199

Central das Cooperativas de Barreirinhas: (98)9349-0000.

Contato da Samara, para hospedagem em Santo Amaro: (98)8903-6853

Denilson Viagens (São Luís – Santo Amaro): (98)988089190, (98)991488904, (98)982807939, (98)984886346 (Whats App).

Bom giro! :)

Posts relacionados

2 Comentários

Cariri: um mergulho cultural no Sertão – Gira Mundo 25/08/2016 - 09:50

[…] fazer um roteiro não muito lógico pela distância, mas que super funcionou embarcando depois dos Lençóis Maranhenses direto pro […]

Reply
Santo Amaro, porta de entrada para os Lençóis Maranhenses – Gira Mundo 30/10/2016 - 14:06

[…] Quer saber tudo sobre o nosso roteiro e andança por dentro dos Lençóis Maranhenses? Veja o post Roteiro alternativo de 8 dias por dentro dos Lençóis Maranhenses […]

Reply

Deixar um comentário

pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR